turismo de pesca

Marlin Azul Canavieiras

pesca esportiva

Canavieiras não é só um paraíso - é também um dos sete melhores destinos do pesque e solte do Brasil e o principal ponto quando o assunto é pesca oceânica, de acordo com a publicação internacional Billfish Report.

A pesca oceânica se sobressai como uma opção para quem gosta de aventuras e desafios. E nesse cenário, a estrela é o famoso Marlin Azul, peixe de grandes profundidades do Atlântico, que chega a pesar até 700 quilos, sendo um dos mais cobiçados pelos esport e que costuma frequentar as águas profundas do Oceano que banha Canavieiras.

Localizada bem no centro da costa atlântica brasileira, o maior berçário do Marlin Azul. Canavieiras é uma saída marítima mais próxima do banco Charlotte, um prolongamento da Plataforma Continental Brasileira que se ergue a mais de 2.000 metros de profundidade, um anteparo às correntes marinhas submersas, alterando a temperatura da água e beneficiando a fauna local, o que atrai para perto dos grandes peixes predadores, inclusive o Marlin Azul. O banco fica a aproximadamente 45 milhas da costa e se estende por mais 40 milhas mar adentro.

Nos meses entre outubro, os cartões de março a costumam migrar para o litoral sul da Bahia, mas precisamente no banco Royal Charlotte, onde se alimentam de cartões de atuns e dourados, os padrões de peixes que são os alimentos preferidos.É quando se inicia a temporada de pesca, que começa a 20 milhas (aproximadamente 40 quilômetros da costa) e acompanha todo o relevo do banco submarino onde os marlins costumam ficar.

Peixes encontrados nos mares e rios de Canavieiras:

Marlin Azul; Marlin Branco; Sailfis; Merca; Atum; Wahoo; Cavala; Dourado; Olho de Boi; Badejo; Pitamgola; Barracuda; Vermelho; Beijupirá; Robalo; Tarpon e Xaréu.